Você está aqui: Página Inicial > Astrônomo residente para o SOAR

Astrônomo residente para o SOAR

O Escritório Nacional do SOAR informa à comunidade astronômica brasileira da disponibilidade de uma vaga para Astrônomo Residente a ser financiada através de bolsa de pós-doutorado no exterior do CNPq. O Telescópio SOAR (Southern Astrophysical Research telescope) reune os parceiros Brasil (através do MCTI), NOAO, University of North Carolina e Michigan State University para operar um telescópio astronômico moderno de 4.1-m de abertura no Cerro Pachon, Chile. O LNA, na sua função de Escritório Nacional do Projeto SOAR, procura um astrônomos para atuar como Astrônomo Residente Brasileiro junto ao SOAR para executar tarefas como:

* Avaliação do desempenho do telescópio;

* Manutenção, calibração e documentação de instrumentos;

* Comissionamento de novos instrumentos e modos operacionais do telescópio;

* Atendimento aos astrônomos visitantes;

* Acompanhamento in situ de observações remotas e

* Pesquisa própria.

O local de trabalho será em La Serena (na sede da AURA) com estadas ocasionais em Cerro Pachón.

As atividades devem ter início, no máximo, em setembro 2017. Contudo, será dada preferencia a candidatos com disponibilidade imediata. Os Candidatos selecionados devem se comprometer a permanecer pelo menos um ano, preferencialmente dois, junto ao SOAR. Como requisitos mínimos, o candidato deve ser brasileiro ou com visto permanente, ter concluído o doutoramento ou que tenha data marcada para a defesa até início de maio de 2017. Deve também possuir experiência observacional em astronomia óptica e/ou no infravermelho próximo, e conhecimentos de redução e análise de dados com IRAF. Experiência instrumental é altamente desejada mas não é fundamental para a obtenção da vaga.

Candidatos interessados devem manifestar sua intenção de concorrer pela posição via e-mail a Alberto Rodríguez Ardila (soar.suporte@lna.br).

Os documentos que devem ser enviados para validar a inscrição é o curriculum vitae, o projeto de pesquisa a ser desenvolvido durante o primeiro ano de bolsa e arranjar com um professor/pesquisador o envio (no mesmo endereço acima) de uma carta de recomendação. No processo de seleção será dada preferência aos candidatos que enviarem a documentação completa até o 15 de fevereiro de 2017. Candidatos que cumpram os requisitos mínimos serão convocados a uma entrevista a ser realizada por skype/polycom/hangout.