Você está aqui: Página Inicial > ngo > Justificativas das Regras para Propostas estabelecidas pela NTAC

Justificativas das Regras para Propostas estabelecidas pela NTAC

Justificativas das Regras para Propostas estabelecidas pela NTAC

 
Os casos omissos serão decididos pela NTAC

  • A NTAC não pode prever todos os caso que possam acontecer e também não quer prejudicar solicitantes que tem interesse justificado, mas não cumpriram as condições mencionadas nas normas.

A NTAC exige carta de concordância do orientador caso ele não seja co-investigador

  • A NTAC quer evitar que o estudante fique prejudicado, perdendo tempo em atividades que ameacem o progresso da sua tese. Confiamos na experiência do orientador para julgar se o projeto observacional no Gemini  servirá para a tese, ou se o estudante pode lidar com os desafios adicionais que o projeto apresente caso não esteja relacionado à tese.

A NTAC determina a utilização do programa PIT para preparar e submeter as propostas

  • O programa “Phase I Tool” (PIT) foi desenvolvido para preparar as propostas, garantindo que o formato esteja correto. O formato xml (Extended Markup Language) garante o processamento automático do conteúdo da proposta. No Gemini, a proposta entra numa base de dados e o acesso automático a todas as informações de todas as propostas (principalmente os parâmetros técnicos) facilita em muito o planejamento e a execução das observações.
  • Portanto, a NTAC estabelece a obrigatoriedade da elaboração e submissão das propostas pelo programa PIT. É fundamental sempre usar a versão mais recente, pois ela inclui os instrumentos disponíveis no semestre atual.

As propostas devem ser escritas em língua inglesa

  • As propostas devem ser escritas em língua inglesa porque os astrônomos do Gemini  que executam as observações em fila e os técnicos que assistem as observações clássicas devem tomar conhecimento dos detalhes dos projetos.

A "Technical Justification" deve conter a justificativa da escolha das condições de observação

  • A NTAC observou várias vezes que os solicitantes não se dão conta da importância da escolha adequada destas condições e das consequênicas de uma escolha errada. Justificando as condições escolhidas busca-se garantir o sucesso do projeto.
  • A NTAC também recomenda um extremo cuidado na escolha das condições observacionais, de modo que representem as condições mínimas necessárias para atingir os objetivos científicos propostos.

novoA "Technical Justification" deve conter a justificativa dos principais parâmetros de entrada e a descrição (ou PDF anexo) da resposta da calculadora de tempo de integração (ITC)

  • Trata-se de informações fundamentais. A experiência mostrou que o maior desafio para a NTAC distribuir o escasso tempo de telescópio é confirmar se os tempos de integração para atingir os objetivos científicos dos projetos são realistas. 
  • Assim sendo, os relatores verificarão detalhadamente os cálculos de tempo de integração e para tanto os solicitantes devem fornecer todas as informações sobre os cálculos realizados por eles.
  • Além disso, a NTAC teve a experiência de que muitas vezes parâmetros importantes para calcular os tempos de integração (tais como, por exemplo, a razão S/R alvo para as observações ou a magnitude limite a ser atingida) não foram justificados. Isto prejudica a avaliação da viabilidade técnica e às vezes também do mérito científico. Evidentemente, não é necessário justificar parâmetros de entrada óbvios ou constantes para as ITC, tais como "Mirror coating" ou "Instrument port".

Se o tempo mínimo puder ser menor que o tempo total, a proposta deve especificar onde cortes serão possíveis

  • Para ter mais flexibilidade na hora do julgamento, aumentando as chances da proposta ser encaixada na fila, é importante que seja informado um tempo mínimo que ainda permita alcançar o objetivo científico principal do projeto, fornecendo informações de onde e de como os cortes poderão ser feitos na "Technical Justification".

O "Abstract" deve ter no máximo 200 palavras

  • O resumo deve conter de forma concisa os objetivos da proposta. Serve para informar os membros da NTAC brevemente sobre a finalidade do projeto sem sobrecarregá-los com detalhes. Não pode substituir a justificativa científica. 

novo O número de páginas para figuras, legendas e referências citadas na Justificativa Científica não pode ultrapassar 2 páginas

  • A NTAC quer evitar que os solicitantes enviem grandes quantidades de documentos com relevância marginal para a proposta. Pede que os solicitantes se concentrem no material essencial.

Recomendação: A NTAC recomenda fornecer nas justificativas científicas e técnicas informações quantitativas sempre que for possível 

  • A NTAC muitas vezes teve a experiência de solicitantes que forneceram informações qualitativas em lugares onde uma informação quantitativa teria sido mais apropriada para avaliar o projeto.

Depois de receber os dados, o investigador principal deve preencher formulário semelhante ao "Feedback Form" do Gemini

  • Para garantir o uso mais eficiente dos telescópios Gemini, a NTAC exige um controle sobre os resultados. A avaliação de propostas futuras de solicitantes individuais ou grupos dependerá do uso de resultados obtidos no passado. Isto somente é factível se a NTAC tem conhecimento dos resultados das missões anteriores. A NTAC garante isso através da exigência ao PI de enviar o "Feedback Form" sobre os dados obtidos com os telescópios Gemini de todas as missões dos semestres concluídos. A NTAC considera esta exigência não como instrumento de controle, mas de proteção, uma vez que o PI pode comunicar à NTAC problemas com as observações que prejudicam os resultados científicos! 

Os autores de publicações usando dados obtidos com o Gemini durante o tempo brasileiro devem comunicar as informações bibliográficas completas a SECOP/LNA

  • Para garantir o uso mais eficiente dos telescópios Gemini, a NTAC exige um controle sobre os resultados. A avaliação de propostas futuras de solicitantes individuais ou grupos dependerá do uso de resultados obtidos no passado. Isto somente é factível se a NTAC tem conhecimento dos resultados das missões anteriores. A NTAC garante isso através da exigência ao usuário de enviar as informações bibliográficas sobre publicações resultantes de observações com os telescópios Gemini.