Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CHAMADA PÚBLICA MCTIC – CNPq 2020

Notícias

CHAMADA PÚBLICA MCTIC – CNPq 2020

Empreendimentos e soluções de base tecnológica na área de Grafeno

Objeto: pesquisa aplicada, desenvolvimento tecnológico e inovação que visem gerar empreendimentos e soluções de base tecnológica, tendo como principal objeto o Grafeno.

As propostas devem visar a geração de Produto Mínimo Viável – MVP e modelo de negócio validado e devem ser executadas por equipes empreendedoras ou Startups que se encontrem em estágio inicial.

Produto Mínimo Viável (MVP): o MVP é uma versão simplificada de um novo produto, serviço ou modelo de negócios que você pretende colocar no mercado. Apesar de apresentar funcionalidades mais básicas, ele já precisa entregar valor ao cliente. É entregue apenas a uma pequena amostragem de clientes para obtenção de feedbacks.

Quem pode concorrer:

a)      Equipe Empreendedora: grupo composto por, no mínimo três pessoas, sendo duas focadas no desenvolvimento do produto e do negócio e uma focada no desenvolvimento da tecnologia, que apresentam uma ideia de solução inovadora. No decorrer do projeto, espera-se que a Equipe Empreendedora se torne uma Startup;

b)      Startups em estágio inicial: são aquelas na fase de descoberta, validação da ideia, definição das bases do negócio e busca do encaixe do produto no mercado (product market fit). Ao final da fase II, a startup deve possuir o Produto Mínimo Viável – MVP;

Aonde as atividades devem ser desenvolvidas:

a)      em uma aceleradora;

b)      em uma incubadora de empresas que possua certificação Cerne ou que esteja em processo de obtenção da certificação. Certificação cerne: é uma plataforma que visa promover a melhoria expressiva nos resultados das incubadoras de diferentes setores de atuação. Para isso, determina boas práticas a serem adotadas em diversos processos-chave, que estão associados a níveis de maturidade (Cerne 1, Cerne 2, Cerne 3 e Cerne 4). Cada nível de maturidade representa um passo da incubadora em direção à melhoria contínua;

c)       nas dependências da própria Startup; ou

d)      em um laboratório de pesquisa da Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT) que possua infraestrutura, equipamentos e recursos humanos qualificados para atuação na área da proposta.

Recursos Financeiros

a)      Recursos Globais: R$ 1.586.000,00 sendo R$ 1.086.000,00 em bolsas, e R$ 500 mil reais em custeio.

b)      Projetos Fase 1: receberão recursos financeiros de, no máximo, R$ 22.000,00 (vinte e dois mil reais), sendo R$ 18.000,00 (dezoito mil reais) em bolsas e R$ 4.000,00 (quatro mil reais) em custeio.

c)       Projetos Fase 2: receberão recursos financeiros de, no máximo, R$ 92.600,00 (noventa e dois mil e seiscentos reais), sendo R$ 54.600,00 (cinquenta e quatro mil e seiscentos reais) em bolsas e R$ 38.000,00 (trinta e oito mil reais) em custeio.

 

Temáticas            

a) Aplicações e soluções para o Sistema Único de Saúde (SUS);

 b) Dispositivos para aumento da produtividade no agronegócio (Agro 4.0);

c) Soluções para as áreas de Petróleo e Gás;

d) Sensores ou dispositivos para conectividade urbana (Cidades 4.0);

e) Soluções para internet das coisas (IoT);

f) Desenvolvimento de novos processos de produção e purificação ou novos processos escalonáveis e reprodutíveis, para o Grafeno com até 10 (dez) camadas;

g) Soluções para aumentar a conectividade 5G;

h) Novos dispositivos utilizando fotônica, nanotecnologias e semicondutores;

 i) Soluções tecnológicas de cunho social;

j) Novos dispositivos para a área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

 

Fases

                Fase I – Fase de Conceituação, Ideação, Plano de Negócio e PD&I complementar: nesta fase serão selecionadas até 30 (trinta) propostas, submetidas conforme o item 6 – Submissão da Proposta, que terão até 6 (seis) meses para a identificação de problemas reais e demandas do setor privado ou da sociedade, ideação, realização de pesquisa e desenvolvimento complementar, proposição do plano de negócios, capacitação da equipe empreendedora ou da startup, articulação com aceleradoras/incubadoras/Parques Tecnológicos e com o público alvo, entre outras atividades.

                Fase II – Fase de Validação e PD&I complementar: com base nos documentos tratados no item 7.1.2, serão selecionadas até 10 (dez) propostas, que terão até 18 (dezoito) meses para desenvolver o Produto Mínimo Viável – MVP.

 

Chamada MCTIC e CNPq. Grafeno
(http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/salaImprensa/noticias/arquivos/2020/03/MCTIC_e_CNPq_vao_apoiar_empreendimentos_de_base_tecnologica_em_grafeno.html).

Incrições de 09/03/2020 a 24/04/2020 na plataforma do CNPq
http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas/

registrado em: