Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Museu Virtual do Laboratório Nacional de Astrofísica

Notícias

Museu Virtual do Laboratório Nacional de Astrofísica

Notícia

O Laboratório Nacional de Astrofísica (MCTI/LNA) comunica o lançamento do “Museu Virtual do LNA” (MVL), criado pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST/MCTI). O Museu é um dos resultados do Acordo de Cooperação Técnica e Científica firmado em 2011 entre LNA e MAST, com o objetivo de desenvolver trabalhos de preservação da memória do LNA.

O Museu Virtual do Laboratório Nacional de Astrofísica

O Laboratório Nacional de Astrofísica (MCTI/LNA) e o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST/MCTI) comunicam o lançamento do “Museu Virtual do LNA” (MVL). É um dos resultados do Acordo de Cooperação Técnica e Científica firmado em 2011 entre as duas instituições, com o objetivo de desenvolver trabalhos de preservação da memória do LNA.

O Laboratório Nacional de Astrofísica foi originalmente criado para operar o principal observatório astronômico em solo brasileiro: o Observatório do Pico dos Dias (OPD), localizado no sul de Minas Gerais, entre as cidades de Brasópolis e Piranguçú. O projeto do OPD teve início na década de 1960, quando Muniz Barreto (MCTI/ON) tomou a iniciativa de propor o projeto do então chamado Observatório Astrofísico Brasileiro (OAB). A partir da sua primeira luz, em 1980, o observatório contribuiu decisivamente para o vertiginoso crescimento da astronomia brasileira, tendo aberto caminho para a participação de comunidade científica em projetos internacionais de maior porte e a diversificação das atividades do próprio LNA.

Com o objetivo de resguardar essa história e divulgá-la ao público em geral, a Coordenação de Museologia do MAST (CMU) tem realizado visitas técnicas e pesquisas para identificação, documentação e conservação das peças de valor histórico do LNA. Esse acervo de equipamentos e acessórios ilustra o acelerado avanço da astronomia observacional a partir da segunda metade do século XX e, consequentemente, da nossa capacidade de gerar dados científicos para buscar compreender os fenômenos físicos que ocorrem no Universo.

A ideia de criar um museu virtual para expor o acervo do LNA partiu de uma questão pragmática: não há hoje espaço físico na instituição, com sede em Itajubá (MG). Além disso, a internet possibilita a disponibilização ampla e irrestrita do acervo, da história a ele associada e do conhecimento gerado através de sua utilização. O desenvolvimento do MVL também tem servido ao MAST como laboratório de pesquisas sobre comunicação museológica e a presença de museus na internet.

O Museu do LNA busca se virtualizar através da apresentação do seu conteúdo de modo que este possa ser apreciado e compartilhado por pessoas com distintos interesses. Este conteúdo, que idealmente deve crescer e se modificar ao longo do tempo, procura estar interligado com materiais afins de outros locais e instituições - também disponíveis na internet -, criando deste modo o desejado fluxo de informação presente na definição daquilo que é “virtual”. Assim, o visitante pode notar a existência de links conectando diferentes seções do próprio Museu e conteúdo externo, tais como vídeos, imagens, artigos acadêmicos e páginas com conteúdo básico de astronomia. Inclusive, foi incluído entre a coleção apresentada um instrumento que não mais pertence ao LNA e encontra-se incorporado ao acervo do MAST desde 1998.

 Além do acervo museológico com os objetos identificados até o momento, o MVL apresenta em sua estrutura um resumo da história do LNA, linha do tempo, destaques da coleção e da ciência realizada no OPD, galerias de fotos e a exposição virtual “A evolução dos métodos de detecção e registro da informação astronômica”.

O Museu Virtual do LNA pode ser visitado no seguinte endereço: <http://www.lna.br/~museuvirtual>.

registrado em: